Antigamente, antes da aparição da Mega Sena, o principal jogo de apostas era a loteria esportiva. Todos os domingos no Fantástico o jogo era apresentado com a participação de uma zebrinha que chiava quando ocorria algum resultado inesperado.  Na época eu não entendia a dificuldade desta loteria. Como poucas pessoas acertavam os resultados dos 13 jogos? Era fácil distinguir os times bons e dos times ruins. Então era só colocar o resultado provável onde os bons ganham dos ruins. Pronto, sucesso garantido.
Bem... todos sabem que o futebol não funciona assim.
Se na loteria esportiva já era difícil prever apenas o resultado simples (vitória do time A, empate ou vitória do time B), imagine ainda ter que acertar o placar (desafio sugerido por quase todos os bolões).
Realmente não é tarefa fácil.   
Por isso, faz algum tempo que utilizo um “algoritmo” para montar minhas previsões nos bolões do campeonato brasileiro.
Este “algoritmo” tem uma fórmula simples, utilizando as seguintes premissas:
1- O time da casa sempre vence (geralmente jogar em casa com a sua torcida é uma vantagem).
2- O time perdedor marcará um gol ou nenhum (placar mais comum para os perdedores).
3- O time vencedor marcará um ou dois gols (placar mais comum para os vencedores).
Com isso, teremos três placares (1x0, 2x0 e 2x1) que serão distribuídos pelos confrontos da rodada de forma sequencial, começando com o placar que mais lhe convier. Ex.: 2x1, 1x0, 2x0, 2x1, 1x0, 2x0, etc.
Sei que alguns jogos não inspirarão muita confiança, mas fique firme e verá que no longo prazo a fórmula funciona bem. Além de poupar longos minutos de análise (que no fim não ajudará a tomar nenhuma decisão superior), o método permite que você zombe de grande parte dos “especialistas esportivos” que sentam ao seu lado no trabalho e que dificilmente terão uma pontuação melhor do que a sua com tão pouco esforço.
Obs.1: O método não serve para campeonatos sem muito equilíbrio entre os competidores (Ex.: Campeonato Carioca ou Copa do Mundo).
Obs.2: Evite a atitude de não apostar com o seu próprio time, apenas siga o “algoritmo” (todo time perde, inclusive o seu).
Obs.3: Mesmo para os clássicos com times da mesma cidade, onde a premissa número 1 tem menor ou nenhuma influência, mantenha o time com o suposto mando de campo como o vencedor, seguindo o que determina o “algoritmo” (clássico é clássico e mesmo um time em pior fase do que o outro pode vencer a disputa).
Experimentem!

,
Fique Ligado!!! Todos os comentários que aparecem aqui no blog sofrem moderação. Ofensas e xingamentos não são permitidos, principalmente se for em relação ao LINDO do blogueiro... =) Qualquer comentário exposto aqui é de total responsabilidade do autor.

Comentários
0 Comentários